Luta histórica da ADPF, plano de saúde para PF será implementado

Enccla: Em 2022, ADPF irá colaborar em três ações de combate à corrupção e lavagem de dinheiro
21 de dezembro de 2021
DELEGADOS PARTICIPAM DE JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO DE FIM DE ANO
21 de dezembro de 2021
Exibir tudo

Luta histórica da ADPF, plano de saúde para PF será implementado

Uma luta histórica da Associação Nacional de Polícia Federal (ADPF) deu passos largos para chegar ao fim. O presidente Jair Bolsonaro editou Medida Provisória (MP) que altera o Fundo para Aparelhamento e Operacionalização das Atividades-fim da Polícia Federal (Funapol). Com isto, será possível implementar o tão esperado plano de saúde dos servidores da PF. A MP n° 1080 foi publicada nesta quinta-feira (16).

“Esse pleito é um dos vários que já foram apresentados reiteradamente pela ADPF aos diretores-gerais que passaram pela administração da Polícia Federal. É claro que ainda há muitas dúvidas sobre como será o funcionamento, mas é um grande avanço para o objetivo final de conseguir um plano de saúde para todas as carreiras e servidores. O maior patrimônio da Polícia Federal são seus servidores, que atuam de forma incansável em defesa da sociedade, especialmente no combate à corrupção. Por isso a importância de mais este passo. E vamos continuar acompanhando e lutando por outras pautas de valorização dos policiais”, disse o presidente da ADPF, Luciano Leiro.

No último ofício encaminhado, na segunda-feira (13), à Diretoria-Geral da PF, subscrito pela ADPF e pela Fenadepol, foi novamente levantada a questão das medidas necessárias para implementar o plano de saúde dos policiais federais.

O conjunto de pautas foi reiterado com a entrega de dois abaixo-assinados (um com 1.822, outro com 1.539 assinaturas) com as principais reivindicações dos delegados, na semana de comemoração ao Dia do Policial Federal, em 16 de novembro passado, inclusive sobre a reestruturação da Polícia Federal e seu formato, já que até o momento a ADPF não teve acesso. Os documentos foram entregues aos superintendentes regionais da PF, nas 27 unidades da Federação, e, também, ao diretor-geral, delegado Paulo Maiurino. A estratégia de reivindicação foi deliberada em Assembleia Geral Extraordinária.

Funapol

Instituído em 1997, o fundo permite a aplicação de recursos para contemplar as necessidades com despesas da PF.

A medida não cria e nem aumenta despesa. Também não concede aumento remuneratório a servidores. Mas, sim, amplia o âmbito de aplicação dos recursos do Funapol para a saúde dos servidores da PF.

Clique aqui para conferir a Medida Provisória

Clique aqui para conferir o Decreto de alteração do Funapol

Comunicado oficial MJSP

Comunicado oficial PF